Skip to main content

Posts

Showing posts with the label ética

De terra e tributos

Boa Vista - A Prefeitura de Boa Vista foi "enganada" na época do loteamento do Parque Caçari. A imobiliária vendeu cada metro quadrado e não restou espaço para áreas institucionais. Ainda há muita área verde para se fazer as praças, quadras de esporte e outros benefícios que vários bairros têm, inclusive condomínios como o Monte Roraima.

A sugestão de pauta é para a imprensa. A sugestão de agir com zelo pela coisa pública, é para a prefeitura.
Encontro a frase num velho Thomas Mann, incrustado na estante entre A Morte em Veneza e Os Buddenbrook, levemente inclinado à esquerda, aguardando com a paciência dos livros o momento de ser lido. Na carta escrita em 15 de abril de 1932, Mann protesta a um editorcontra a interpretação de obra politicamente engajada conferida à sua novela “Mario e o Mágico”. 
Em discurso habilidoso, o escritor alemão separa, apesar das muitas semelhanças, os dois campos do saber (Ética e Política) em um golpe rápido no final do parágrafo. Aufklarüng legítimo. Anos depois ele admitiria que, sim, a obra era uma crítica ao fascismo italiano. 
"Não me agrada ver esta história ser considerada uma sátira política. Dessa forma ela fica destinada a uma esfera que convém apenas a uma parte restrita de seu ser. Não negarei que pequenas fosforescências e alusões políticas atuais estejam inseridas nela, mas a política é uma vasta noção que, sem uma delimitação muito precisa, se confunde com o problema e o domín…

Uma piada interna sem graça para o leitor

Suíte é fundamental em Jornalismo, apesar do costume de privilegiar kitinetes.

Fulano anuncia que vai construir ponte ou fábrica ou que vai abrir a sessão da ONU ou que vai subir ao espaço em foguete caseiro e a imprensa publica ipsis literis, sem questionar em nenhum momento, como se a mera declaração fosse suficiente para concretizar as mais absurdas intenções. Trata-se da preguiça tradicional do "jornalismo declaratório".

Incorrido o primeiro erro, o segundo é fatal: a imprensa em muitas ocasiões não verifica, não questiona. Não faz uma atividade básica no seu trabalho que é a repercussão do tema, o que no Jornalismo chamamos de suíte.

Formsprings.me

E em termos pragmáticos? O que não se aprende na faculdade por falta de espaço de prática? by marcusvflacerda

Acho que falta mesmo é teoria nos cursos de jornalismo. Deontologia, sociologia, apreço à vida humana. As tecnologias de comunicação obliteram a reflexão e favorecem muito a técnica, o que é erro fatal.

A técnica jornalística é simples, aprende-se em três semanas – por isso muita gente considera uma atividade simplória, como, por exemplo o ministro Gilmar Mendes. Mas não se trata disso. Jornalismo é arte, técnica e serviço. Mas antes de tudo é humanismo.

Pergunte qualquer coisa: http://www.formspring.me/averyverissimo

Os reis da baixaria (Cap. 2)

Boa Vista - Estaria a intelligentsia condenada ao gueto da TV paga? Estaria o povo condenado a uma televisão de péssima qualidade?

Como os donos das concessões são políticos ou gente ligada a eles, o campeonato da baixaria é disputado por todas as redes de TV, embora já exista uma emissora favorita:

RedeTV! é condenada a indenizar Xororó por ofender sua honra em programa

RedeTV! deve indenizar operador de câmera chamado de "Todinho" por Monique Evans

RedeTV! descumpre norma judicial e pode pagar R$ 1,5 milhão a Carolina Dieckmann

RedeTV! é condenada a indenizar Clodovil

Os reis da baixaria (Cap. 1)

Boa Vista - No Brasil, entre as leis que não pegam, está a das concessões de teledifusão. Apesar de temporárias, na prática elas são permanentes. Não fosse assim, teríamos o maior rodízio de canais abertos que se tem notícia por falta de atendimento às exigências constitucionais. Mas no continente apenas Hugo Chávez parece ter moral suficiente para cassar uma concessão mal utilizada.

Infelizmente, por falta de estudo, nossos diretores de programação só lêem o caput do Artigo 220, esquecendo que sua principal missão é cumprir o que está disposto no Artigo 221:

A produção e a programação das emissoras de rádio e televisão atenderão aos seguintes princípios:

I - preferência a finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas;

II - promoção da cultura nacional e regional e estímulo à produção independente que objetive sua divulgação;

III - regionalização da produção cultural, artística e jornalística, conforme percentuais estabelecidos em lei;

IV - respeito aos valore…

Miudezas

Boa Vista - Jornalistas brasileiros e de outros países discutem em fóruns pela web as razões ou a ética jornalística da sapatada anti-Bush.

Os coleguinhas deviam se importar com a segurança de Muntadar al-Zaidi, isso sim. Com Bush não aconteceu nada, mas será que o jornalista ainda está vivo???

Na imagem ao lado, a brutalidade dos seguranças na entrevista coletiva.

Aqui, uma comunidade pró al-Zaidi, no Orkut.

Leio "Encontros com homens notáveis", de G. I. Gurdjieff

Boa Vista - História de um mestre multizen poliglota do Cáucaso e seus amigos malucos que atravessam o deserto de Góbi em pernas de pau e adivinham o nome das pessoas pelos tremores das mãos. Para quem leu Relatos de Belzebu a seu neto, O Livro dos Danados e Bestas, Homens e Deuses.

Encontros com Homens Notáveis
Editora Pensamento
R$ 28,48

A morte de Antônio Carlos Magalhães

Santa Elena de Uairén - Está morto o velho coronel baiano, áulico de Maquiavel, defensor da ditadura, violador das votações do congresso, espião de adversários políticos e araponga assumido, símbolo-maior da falta de ética na política brasileira. ACM morre, mas deixa contemporâneos (e aprendizes) do mesmo naipe. E você ainda acredita em justiça divina...

5 comentaram

Justiça

Jerry Mitchell, repórter de 45 anos do Clarion-Ledger de Jackson, Mississippi, através de um apurado trabalho investigativo levou a polícia a capturar Edgar Ray Killen, de 79 anos, pastor e líder da proscrita organização racista Ku Klux Klan, como o mandante e incitador dos assassinatos de Michael Schwerner, Andrew Goodman e James Chaney em 1964. Os dois primeiros eram jovens brancos de Nova York que foram para o sul do país para cadastrar os negros como votantes. Chaney era o jovem negro que atuava como guia para os novaiorquinos.

Eles foram vítimas de uma emboscada depois de terem sido detidos por um policial (também membro da Ku Klux Klan), que os prendeu durante algum tempo. O suficiente para que os integrantes da seita se organizassem e os perseguissem. Os três foram retirados do veículo, executados e enterrados. O carro em que viajavam foi incendiado para ocultar provas incriminatórias.

Esse caso terrível foi retratado no filme "Mississippi Burning" (Mississippi em Cham…

Profissão de risco

A ONG Reporters San Frontiers - que surprendentemente não tem um braço no Brasil - considera o desaparecimento do repórter Tim Lopes, da Rede Globo, como uma ameaça à liberdade de imprensa no país das Bananas.
Lopes era repórter "oculto" da Globo, especialista em reportagens brabas, como filmar a feira do tráfico nos morros do Rio.
Há enormes possibilidades de que Lopes tenha mesmo sido assassinado por traficantes que desconfiavam do seu trabalho. É o preço que este tipo de profissional, em cuja veia corre o vício da investigação jornalística, tem que pagar: usado pela grande rede de TV, tem a vida reduzida a nada por "amor à camisa". Até quando?