Mostrando postagens com marcador adolescentes. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador adolescentes. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 31 de julho de 2002

O primeiro ano do resto de nossas vidas

São Paulo - Falar de Joel Schumacher (Lost Boys) me deixa nostálgico.

Alguns filmes do cara foram super importantes na minha adolescência. Películas que nos dizem, enquanto vivemos numa cidade pequena, que viajar é preciso, principalmente se é para Nova Iorque, tentar a vida tocando saxofone, como o Billy de St. Elmo's Fire, ótimo filme sobre a Geração X que teve o pomposo título em português de O primeiro ano do resto de nossas vidas.


Neste filme, Schumacher conseguiu antecipar muito do que aconteceria com minha turma nos anos seguintes. Assisti-lo é encontrar, guardadas as proporções, tristezas e alegrias que são só suas num texto que não é seu. Adivinhação ou tempo circular?

segunda-feira, 29 de julho de 2002

Tatty

Meu, tipo assim... se o adolescente brasileiro não for igual à Tati, do Fantástico, ainda vai ser.
É Tati ou Tatty? Tá mais pra Tatty.

Satanistas são clientes insatisfeitos.