segunda-feira, 30 de julho de 2001

Da serenidade hamidiana

São Paulo -Teclo provocações a Nasser Hamid, enquanto ouço You can't always get what you want e ameaço ingressar no establishment, exercer meu quinhão de hipocrisia e fingir que está tudo bem com o mundo e com as pessoas, cumprindo meu papel no teatro social via concurso público.

A resposta dele: Fazer um concurso público não é acomodar-se ou mediocrizar-se, é uma opção inteligente de progredir e ajudar a sociedade; o serviço público do Brasil necessita de pessoas inteligentes e críticas. A mudança de sistema, meu caro, é parto difícil e dolorido da lenta evolução social. Nada mudaremos da noite para o dia, talvez, se tivermos sorte, levaremos uma ou duas décadas. Ando cansado e decepcionado, mas nunca desistirei. Nunca.

Quer saber? Ele tem razão.

domingo, 29 de julho de 2001

Na ECA

São Paulo - Com excesso de trabalhos acumulados, tento conseguir mais tempo em Jornalismo Literário Avançado.

- Posso entregar meu trabalho na próxima quinta-feira?, pergunto.

- Não dá. Estou embarcando em poucas horas para meu pós-doutorado no Canadá, responde o professor Edvaldo.

Correria.

quarta-feira, 25 de julho de 2001

Fim das férias

São Paulo - Nagisa deixa São Paulo e parte para uma pequena cidade ao norte do Equador. Vou morrer de saudades desta doce bárbara, líder carismática. Minha filha.

domingo, 22 de julho de 2001

Crônicas de Afonso Rodrigues de Oliveira

São Paulo - Ou de como é possível viajar em sua nostalgia sem pieguice sobre a juventude dos anos 50, os penteados e a rebeldia que subliminarmente permeava a geração baby boom.

“As grandes descobertas ocorrem quando subitamente o possível encontra o desesperadamente necessário.” (Thomas Friedman - New York Times...